Com dois de Tiquinho, Botafogo goleia o Boavista e larga na frente na final da Taça Rio

O Botafogo encaminhou o título da Taça Rio nesta quarta-feira. Os alvinegros fizeram 4 a 0 no Boavista, em Bacaxá (RJ), no duelo de ida da final do torneio.

O destaque da partida foi o atacante Tiquinho Soares, que marcou um gol em cada tempo. Além dele, Júnior Santos e Yarlen decretaram a goleada do Glorioso.

As duas equipes voltam a se enfrentar no domingo, no Nilton Santos. O Botafogo pode perder por até três gols de diferença para garantir a taça e a vaga na Copa do Brasil de 2025.

O jogo entre Boavista e Botafogo

O Botafogo começou melhor a partida e quase abriu o placar aos oito minutos, em chute de Damián Suárez. Só que aos 11, os alvinegros marcaram em Bacaxá. Tiquinho Soares aproveitou bola espirrada na área e mandou para a rede.

Os visitantes mantiveram o ritmo e chegaram a balançar a rede com Junior Santos. No entanto, o gol foi anulado pelo VAR por impedimento no lance. Do outro lado, o Boavista teve um pênalti cancelado pelo VAR, que também apontou impedimento.

O Botafogo continuava tendo mais posse de bola. Nos minutos finais, os alvinegros desperdiçaram boas chances de ampliar. Com isso, os visitantes mantiveram a vantagem mínima até o intervalo.

O segundo tempo iniciou de forma mais lenta. Tanto que a primeira chance aconteceu aos nove minutos, em chute de Kauê. O Boavista respondeu em finalização de Alisson que parou em Gatito Fernández. Depois, Erick Flores levou perigo, mas a bola foi pela linha de fundo.

O Boavista voltou a criar boa chance com Erick Flores. Desta vez, Gatito Fernández salvou o Botafogo. Só que a resposta alvinegra veio em grande estilo aos 24 minutos. Em avanço rápido, Tiquinho Soares aproveitou passe na área para empurrar para a rede.

O novo revés foi sentido pelo Boavista, que não conseguiu mais criar bons lances. Já o Botafogo seguiu com a postura ofensiva e foi premiado aos 43 minutos. Júnior Santos foi lançado, entrou na área e tocou na saída do goleiro.

Já nos acréscimos, o Botafogo teve tempo de marcar mais um. Yarlen chutou cruzado, sem chance para André Luiz, e deu números finais em Bacaxá.

FICHA TÉCNICA
BOAVISTA 0 X 4 BOTAFOGO

Local: Estádio Elcyr Resende, em Saquarema (RJ)
Data: 27 de março de 2024 (Quarta-feira)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Alexandre Tavares de Jesus (RJ)
Assistentes: Thiago Soares Pinto (RJ) e Júlio César Gaudêncio (RJ)
VAR: Paulo Renato Silva Coelho (RJ)
Cartões amarelos: Pablo Maldini e Erick Flores (Boavista); Raí, Tiquinho Soares e Alexander Barboza (Botafogo)

GOLS
BOTAFOGO: Tiquinho Soares, aos 11min do primeiro tempo e 24min do segundo tempo; Junior Santos, aos 43min do segundo tempo; Yarlen, aos 45min do segundo tempo

BOAVISTA: André Luiz, Pablo Maldini, Sheldon, Gabriel Almeida e Alysson Vinicius; William Oliveira, Ryan Guilherme, Crystopher e Mateus Ludke (Abner Vinícius); Jeffinho (Erick Flores) e Matheus Lucas (Gabriel Conceição)
Técnico: José Quadros

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Damián Suárez (Rafael), Bastos, Lucas Halter e Marçal (Hugo); Gregore, Marlon Freitas e Kauê (Breno); Raí (Yarlen), Junior Santos e Tiquinho Soares (Janderson)
Técnico: Fábio Matias

Leave a Comment

https://t84c3srgclc9.com/rjrpb48dz?key=c38958a4ffe9b8345315d4a4ae538dc3